O Google Analytics possui uma ferramenta muito útil para receber alertas por e-mail e SMS quando algo importante ocorre em seu site, como um pico de tráfego ou uma queda repentina no tráfego. Os alertas são fáceis de configurar.

O tráfego é apenas uma das muitas métricas que você pode monitorar. Digamos que o seu site de comércio eletrônico vende pipoca. Você normalmente vende cerca de 50 pacotes de pipoca por dia. No entanto, ontem você vendeu apenas quatro pacotes e você estava tão ocupado fazendo pipoca que não percebeu a queda nas vendas.

Felizmente, você passou cinco minutos na semana passada criando alguns alertas, incluindo uma para uma eventual queda nas vendas. Agora, tendo vendido apenas quatro pacotes de pipoca, você recebe um alerta. A causa foi um link quebrado para o checkout justamente na página do seu sabor de pipoca mais popular. Você então corrigiu o link. O alerta salvou sua semana.

 

Como configurar alertas personalizados

Faça login no Google Analytics e selecione a guia de administração. A partir daí, selecione Alertas Personalizados na Vista de Propriedade. Em seguida, crie o seu alerta com as seguintes etapas:

  1. Crie um nome para o seu alerta. Esta será a linha de assunto do e-mail. Certifique-se de que é descritivo.
  2. Se você tem vários pontos de visão, poderá marcar todos os pontos de vista que precisam de alerta.
  3. O "período" é quantas vezes você deseja que o Google verifique os seus dados. Escolha dia, semana ou mês. O recomendado é dia.
  4. Marque a caixa de e-mail e digite todos os endereços de e-mail que você deseja receber o alerta.
  5. Se você deseja receber alertas de SMS, clique em "Configurar o seu telefone celular" e digite o seu número de telefone.
  6. O menu drop-down verde é uma lista de dimensões - para filtrar ou segmentar o alerta. Nós recomendamos que você deixe esse conjunto com o padrão de "Todo o Tráfego."
  7. O azul do menu drop-down é uma lista de métricas: O que você quer medir? Além disso, fornecer o valor na condição e limite para acionar o alerta.

 

10 Exemplos de Alertas Personalizados do Google Analytics

Tráfego Inexistente. Esse alerta informa que ninguém visitou seu site durante o período de tempo que foi definido. Se você receber esse alerta, será necessária toda a sua atenção e tomar medidas com base nas possibilidades existentes. Houve uma mudança para o seu site que quebrou sua coleção de dados do Google Analytics? É o seu site que está offline? Este é um alerta crítico que todos os gestores de sites precisam de configurar.

Queda de Tráfego. Este alerta ocorre quando há quedas no tráfego. Se o seu tráfego oscila durante a semana contra fins de semana, você pode comparar com o mesmo dia da semana anterior. Você pode configurar esse alerta para monitorar o tráfego em todo o seu site ou páginas específicas. Por exemplo, se a sua página de checkout normalmente recebe 100 visitantes por dia, você pode monitorar apenas essa página.

Tráfego Elevado. É bom saber quando o site recebeu mais que o tráfego normal. Talvez uma postagem de mídia social levou novos visitantes ao seu site, ou uma campanha de e-mail acaba de lançar uma newsletter, ou ainda um site de mídia publicou algum link sobre o seu negócio.

Queda de Transações. Gestores de Comércio Eletrônico devem sempre acompanhar a atividade de pagamento de suas lojas. Você pode configurar um alerta para ser disparado caso as transações cairem em mais de 30 por cento.

Queda de Faturamento. É útil gerar alguns relatórios para encontrar o limite ideal para acionar esse alerta. A receita pode cair nos fins de semana, por exemplo. Então, considere a definição do valor "em comparação com" para "mesmo dia da semana anterior." Se os seus alertas forem acionados com muita frequência, ajuste o limite. Os alertas não vão dizer o que causou a queda na receita, mas eles vão pedir para fazer login no Google Analytics para analisar o que está acontecendo.

Tráfego Social Aumentou. Será que você publicou um post bem-sucedido no Twitter, Facebook ou Instagram? Será identificado que uma publicação foi melhor sucedida e isto lhe dará uma idéia melhor do que os seus seguidores sociais preferem.

Tempo de Carregamento Aumentou. O tempo de carregamento da página é uma métrica que sempre precisa de atenção. Se o tempo de carregamento aumentar, você poderá ver também um aumento na taxa de rejeição. Você pode aplicar este alerta para diferentes tipos de dispositivos - celular, tablet, desktop. Além disso, você pode segmentar por país. É importante observar a distribuição geográfica e entender que em algumas regiões seu site pode ser mais lento ou mais rápido que em outras.

Taxa de Bouce. A taxa de rejeição é a porcentagem de sessões em que o usuário entrou e saiu do seu site a partir da mesma página sem interagir com nenhuma outra página. Isto tipicamente inclui um visitante que chegou em seu site e fechou o browser. A taxa de rejeição irá variar de acordo com o seu site e seu modelo de negócio. Quanto menor a taxa de rejeição mais relevante é sua loja.

As Conversões de Meta caíram. Você pode ser alertado quando sua taxa de conversão de meta aumentar ou diminuir. Aproveite a criação de metas e sempre acompanhe com ajuste os alertas sobre as metas. Você pode por exemplo determinar o disparo de um alerta para rastrear ligações, quando a taxa de conversão do "Fale Conosco" cair 30 por cento.

Percentual de Novas Sessões Aumentou. Atrair novos visitantes e clientes é difícil. Mas você pode criar um alerta que rastreia os pedidos de novos clientes. Você pode acompanhar as páginas de produtos que esses novos clientes visitarem e, em seguida, enviar e-mails personalizados para eles, com ofertas especiais.